Terras da Irmandade

Ao entrarmos nas Terras da Irmandade, uma primeira impressão que temos é a de um contato com o inusitado, algo que não conseguimos definir e que remete ao novo, ao que está por vir e a se firmar.

É justamente essa impressão que nos convida a refletir: onde estou? E se começamos a nos situar, outra e mais profunda reflexão pode surgir: onde devo estar?

Como em outras Áreas de Figueira, ali somos levados a uma integração com os reinos da Natureza e ao contato com as energias de Cura, mas com particularidades muito próprias. Em sua atmosfera podemos sentir a presença da autêntica consciência indígena, que tanto tem a nos ensinar e pouco ou quase nada conhecemos dela.

Leia mais sobre as Terras da Irmandade.


Site oficial da Comunidade Figueira ©